Técnico/a de Animador/a Sociocultural

O Animador/a Sociocultural promove o desenvolvimento sociocultural de grupos e comunidades, organizando, coordenando e/ou desenvolvendo atividades de animação (de caráter cultural, educativo, social, lúdico e recreativo).

O que FAZ um Animador Sociocultural? 

  • Diagnostica e analisa, em equipas técnicas multidisciplinares, situações de risco e áreas de intervenção sob as quais atuar, relativas ao grupo alvo e ao seu meio envolvente.
    • Observa e recolhe informação, através de instrumentos vários, sobre a comunidade, o grupo e o indivíduo;
    • Despista situações de risco, encaminhando-as para as equipas técnicas especializadas.
  • Planeia e implementa, em conjunto com a equipa técnica multidisciplinar, projetos de intervenção sociocomunitária.
  • Planeia, organiza e avalia as atividades de caráter educativo, cultural, desportivo, social, lúdico, turístico e recreativo, em contexto institucional, na comunidade ou ao domicílio, tendo em conta o serviço em que está integrado e as necessidades do grupo e dos indivíduos, com vista a melhorar a sua qualidade de vida e a qualidade da sua inserção e interação social.
    • Concebe os materiais necessários para o desenvolvimento das atividades de animação (fantoches, gigantones, esculturas, trabalhos de cerâmica, máscaras, adereços e pinturas).
  • Desenvolve atividades diversas, nomeadamente ateliers, visitas a museus e exposições, encontros desportivos, culturais e recreativos, encontros intergeracionais, atividades de expressão corporal, leitura de contos e poemas, trabalhos manuais, com posterior exposição dos trabalhos realizados, culinária, passeios ao ar livre.
  • Promove a integração grupal e social e envolver as famílias nas atividades desenvolvidas, fomentando a sua participação.
  • Fomenta a interação entre os vários atores sociais da comunidade articulando a sua intervenção com os atores institucionais nos quais o grupo alvo/indivíduo se insere.
  • Acompanha as alterações que se verifiquem na situação dos clientes/utilizadores e que afetem o seu bem-estar.
  • Elabora relatórios de atividades.

Que competências ADQUIRE um Animador/a Sociocultural?

  • Conhecimentos 
    • Política social;
    • Gerontologia;
    • Tecnologias da informação;
    • Expressão corporal, dramática, musical e plástica;
    • Psicopatologia da adolescência e da juventude;
    • Educação física, desporto e equipamentos desportivos;
    • Técnicas de animação.
    • Intervenção comunitária;
    • Animação e intervenção social;
    • Artes e atividades recreativas;
    • Psicologia;
    • Sociologia;
    • Psicossociologia.
  • Aptidões
    • Ler e interpretar diagnósticos sociais da comunidade e relatórios psicológicos e sociais dos clientes/ utilizadores, ou programas de animação identificando as principais áreas de intervenção;
    • Utilizar técnicas de observação, entrevistas e questionários;
    • Identificar e selecionar as técnicas e práticas de animação tendo em conta o tipo de programas de animação, e as caraterísticas dos clientes/ utilizadores, dos grupos e das comunidades e os objetivos que pretende atingir;
    • Identificar os recursos necessários para a concretização de projetos de intervenção sociocomunitária e de animação;
    • Identificar as necessidades e as motivações individuais e do grupo;
    • Incentivar os clientes/utilizadores a organizarem a sua vida no seu meio envolvente e a integrarem-se na sociedade, participando ativamente, construindo o seu projeto de vida e demonstrando através da realização de diversas atividades quais as capacidades e competências de cada um;
    • Sensibilizar e envolver a comunidade no acompanhamento deste tipo de grupos, de forma a fomentar a sua integração;
    • Envolver as famílias nas atividades desenvolvidas, fomentando a sua participação;
    • Despistar situações de risco, encaminhando-o para as equipas técnicas especializadas;
    • Selecionar, organizar, sistematizar e manter atualizada informação relativa às atividades desenvolvidas.
  • Atitudes
    • Trabalhar em equipas multidisciplinares.
      1. Adaptar-se às diferenças individuais, situacionais e socioculturais e a ambientes diversos.
        1. Comunicar de forma clara, precisa, persuasiva e assertiva.
          1. Estabelecer relações interpessoais empáticas.
            1. Demonstrar autonomia e criatividade na resolução das situações.
              1. Motivar e valorizar os clientes/ utilizadores.
                1. Demonstrar estabilidade emocional e autocontrolo.
                  1. Gerir conflitos.
                    1. Demonstrar segurança e confiança.
                      1. Demonstrar capacidade de observação.
                        1. Demonstrar persistência na sua atividade profissional.
                          1. Demonstrar compreensão e sensibilidade.
                            1. Lidar com situações de insucesso e dar valor aos pequenos progressos.
                              1. Adaptar-se a situações imprevistas.
                                1. Estabelecer relações de cooperação dentro de equipas multidisciplinares.
                                  1. Agir em conformidade com as normas de higiene e segurança no trabalho.

                                Quais são as SAÍDAS profissionais? 

                                • Associações culturais;

                                • Autarquias locais;

                                • Bibliotecas e centros de recursos;

                                • Casas de cultura;

                                • Centros culturais;

                                • Centros de ocupação de tempos livres;

                                • Coletividades de cultura e recreio;

                                • Autoemprego;

                                • Escolas;

                                • Estabelecimentos prisionais;

                                • Lares de idosos;

                                • Museus;

                                • Produtoras de artes do espetáculo;

                                • Empresas ou organismos com atividades na área do turismo.

                                CERTIFICAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL

                                Curso do nível secundário de educação e Qualificação profissional de nível IV.